­

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Quatro Visões Sobre a Divina Providência - William Lane Craig


Olá, filósofos e filósofas!
Depois de um longo periódo de "seca", em que estivemos trocando idéias apenas pela nossa página de perguntas e respostas, estamos de volta com um podcast de Craig sobre Divina Providência (em outras palavras, sobre "como Deus controla as coisas no mundo").
Esse assunto envolve questões como livre-arbítrio (existe ou não?), Soberania e Pré-ciênca Divina (Deus realmente ordena e conhece o futuro?) e tem importantes implicações apologéticas. Quais, por exemplo? Bem, se você está conversando com um ateu que reclama do sofrimento e dor no mundo, sua crença (ou descrença) no livre arbítrio vai possibilitar você (ou não) a dizer "o sofrimento nesse mundo deve-se às escolhas pecaminosas livres do homem." Se você acredita que a Soberania de  Deus implica que Ele determina causalmente tudo o que acontece no futuro, logo vai ouvir um ateu dizendo "então, quem criou o pecado também foi Deus?" De forma que essas questões não são apenas "sutilezas teológicas."
Nesse podcast, Craig comenta sobre o livro "Quatro Visões Sobre a Divina Providência" escrito por ele e outros três autores, onde ele representou a posição Molinista sobre a Providência Divina. Os outros autores defenderam duas outras posições, conhecidas como Teísmo Aberto e Calvinismo.

Um abraço a todo/as!!!
Lucas Maria

Download do vídeo no Vimeo: (120 mb).
Veja mais podcasts do Projeto Craig.

3 comentários

Vítor Carvalho Ferolla disse...

Cara, aqui só dá Craig... tenta variar um pouco.

audiencia da tv disse...

ola passando aqui pra dizer que adorei seu blog e que virei seu seguidor se quiser seguir o meu agradeço
tenha um bom dia abraços e sucesosss
http://audienciadatvrealtimes.blogspot.com/

Phelipe disse...

O pensamento do Dr Craig deixou muito a desejar sobre o pensamento calvinista, pois se você não consegue incluir a depravação radical e a eleição incondicional na visão da providência, você acaba colocando a salvação como obra do próprio homem.

Eu não ignoro a liberdade humana, pois acredito nela. E a questão também não é se o homem possui livre arbítrio ou não, mas o que a vontade do homem pecador deseja, e Palavra diz que não é Deus. A não ser que o Deus Soberano intervenha com Seu chamado eficaz o homem morto em pecado nunca viria a Ele.

Enfim, sou calvinista e acredito que esse pensamento é o mais bíblico e correto sobre a providencia de Deus, e principalmente o que mais O glorifica.

ps. parabéns pelo trabalho do Blog!

paz

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...