­

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Criação em Seis Dias? - Norman Geisler


Recebemos na nossa página de perguntas e respostas, a seguinte pergunta de um leitor anônimo:
De onde veio a idéia de que a terra tem cerca de 6 mil anos?
Essa idéia vem do personagem ao lado, o Arcebispo Ussher (1581–1656), que calculou a idade da terra baseado nas genealogias encontradas na Bíblia:

Da criação até o dilúvio – 1656 anos
Do dilúvio até Abraão – 292 anos
Do nascimento de Abraão até o êxodo do Egito – 503 anos
Do êxodo até a construção do templo – 481 anos
Do templo até ao cativeiro – 414 anos
Do cativeiro até ao nascimento de Cristo – 614 anos
Do nascimento de Cristo até os tempos do Arcebispo Ussher – 1650 anos

Total = 5610 anos

Porém, a geologia apresenta evidências de que a Terra tem mais do que 6 mil anos. MUITO MAIS: mais ou menos uns 4,5 bilhões de anos. E alguns cristãos ficam APAVORADOS COM ISSO, pensando "será que a Bíblia errou?"

Por isso, estamos publicando um pequeno artigo do Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e Contradições da Bíblia de Norman Geisler e Thomas Howe:

Página no Scribd para "Criação em Seis Dias - Norman Geisler"

Fontes wikipedescas adicionais:
Para a cronologia de Ussher (espanhol).
Para a idade da Terra segundo a ciência (inglês).

8 comentários

João Batista disse...

Além do primeiro critério de exegese bíblica ser mais coerente, ele tem o testemunho dos outros escritores bíblicos para a interpretação literal de dias de 24 horas.

Infelizmente a maior parte dos cientístas não concorda com a interpretação de 24 horas literais, mas a exegese é clara.

1. Até creio que há lógica para um interva-lo de tempo entre a criação da Terra e a da luz, pois parece realmente haver uma pausa bíblica entre estes períodos, mas depois que se iniciou a contagem isso não existiria mais.

2.e 3. Na verdade é o mesmo argumento. Sim, usa, mas como usamos qualquer palavra fora de seu sentido literal, não provando que esse seja o caso. Em todos os casos fica evidente que o dia não significa dia, que não é o caso de Gênesis 1.

4. a)Esses indícios só podem ser considerados se você ignorar o efeito sobrenatural da criação que percorre todo o Gênesis. Em Hebreus diz claramente que foi pela palavra de Deus que o mundo foi criado (Hb 11:3). Esse argumento é tão fraco quanto o quinto argumento da posição do dia de 24 horas, que ignora a ação do poder de Deus.
b) Absurdo. Dá para fazer isso em menos de 24 horas. O texto não diz que ele acabou de nomear todos no mesmo dia. Mas tudo bem.
c)Não entendi! Hebreus 4:4 não diz isso.

5)Pode, mas não temos evidências disto.

Todos estes argumentos, muito menos consistentes que o primeiro, só surgiram como tentativas de encaixar a palavra de Deus com a interpretação dos cientistas sobre a idade da terra e a teoria da evolução. Claramente a Bíblia não foi escrita para sustentar uma idade maior que de 6 mil anos, tanto que ela propõe datas sobre a idade real do tempo da criação da terra, sem contar o tempo que ela era sem forma e vazia.

Geovane Vitor disse...

Interessante isso! Muitos cristãos não entendem a ciência, e esta não os entende! Simples: existem mesmo dois lados? E se existem, não se deve ficar em cima do muro. Mas se não existem dois lados, então porque ciência e religião não fazem as pazes? Porque tanta dificuldade em respeitar a crença e a não crença alheia? Porque não há respeito às diferenças?
Eu, Geovane Vitor, sei que neste universo há coisas que o ser humano pensa que conhece... e que Deus tem total poder e controle de tudo!
Em breve saberemos quem está com razão!!!
Abraços

saulo disse...

Os dias tudo bem. Mas pq vcs nunca citam Adão e Eva? onde eles entrariam na historia? seriam os primeiros homo sapiens? (mas homo sapiens só comoçou a existir a 200mil anos atras).. se existiram literalmente de acordo com Genesis oq dizer sobre a descoberta de fossil de dinossauros e primatas como os homonideos? como assim ele deu nome para todos os animais do mundo se há espécies que só vivem em determinados ambientes nos varios cantos do mundo? ele andou pelo mundo inteiro em um dia? (foi necessario milhares de anos para os homens se espalharem pela Terra)...depois disso ainda vem Noé e o diluvio, como Noé pegou o Canguro la na Australia e a capivara no Brasil? O Urso polar no gelo? (animais que só vivem em certos ambientes)..Nao da a impressao de que o "mundo" de noé era só a mesopotamia?

vcs sempre insistem em explicar que nao pode interpretar o Genesis literalmente usando como exemplo os dias da criação...ok ate ai tudo bem. mas gostaria que explicassem pelo menos sobre Adão e Eva: podem ser interpretados literalmente? se nao, como podemos interpretalos?

ate mais

Francisco Mário disse...

Apenas quero deixar claro que a idade da terra com base na geologia é completamente intuitiva e não é confiável. Existem muitos cientistas que defendem a idade da terra bem mais jovem. Claro, não com os 6 mil anos, mas esses bilhões de anos não se sustenta.

Outra coisa importante: alguns afirmam que crer em Deus e crer na teoria darwinista não afeta em nada. Isso não é verdade. O próprio Dawkins afirma que o que o levou ao ateísmo foi a teoria darwinista. Portanto, os autores devem se informar mais sobre as novas pesquisas do Design inteligente e de cientistas, inclusive evolucionistas que não aceitam a teoria da descendência comum.

O grande problema da maioria dos teólogos, apologistas é que eles são ignorantes a muitos assuntos de biologia e outros assuntos. Alguns, realmente por não concordarem, mas outros por nunca terem ouvido falar mesmo

Jean Patrik disse...

Oi!

Na verdade eu tenho esse livro amado.

Esperava outra resposta.

Jean Patrik

Hugo Hoffmann disse...

O grande problema do argumento contrário aos dias literais da criação é que eles buscam conciliar a ciência com a Bíblia. Partem da ciência para interpretar Gênesis 1. Todavia, os que fazem isso não tem noção nenhuma de como se procede a datação radiométrica, em especial a que utiliza Carbono 14. Sobre esta datação sugiro a leitura do material "DATAÇÃO POR CARBONO 14" da Sociedade Criacionista Brasileira (Link: http://www.scb.org.br/pergresp/datacaocarbono14.htm).

Sobre a criação literal em seis dias da semana, sugiro a leitura do artigo "CRIACIONISMO: OS 'DIAS' DA CRIAÇÃO FORAM LITERAIS?" (Link: http://cienciadacriacao.blogspot.com/2010/06/criacionismo-os-dias-da-criacao-foram.html). Para um melhor aprofundamento, indico o livro "EM SEIS DIAS: PORQUE 50 CIENTISTAS DECIDIRAM ACEITAR O CRIACIONISMO" (Autor: John F. Ashton, PhD. 324p.).

"O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento" (Provérbios 1:7a)

Hugo Hoffmann disse...

Sobre os dias da criação serem literais, sugiro a leitura do artigo:

"Criacionismo: Os 'dias' da criação foram dias literais?"
Link: http://cienciadacriacao.blogspot.com/2010/06/criacionismo-os-dias-da-criacao-foram.html

Sugiro a leitura de outro artigo também:

A vida tem 3,5 bilhões de anos? Não, era apenas hematita!
Link: http://cienciadacriacao.blogspot.com/2011/03/vida-tem-35-bilioes-de-anos-nao-era.html

Deixemos as evidências nos levar aonde a ciência nos levar e não aonde queremos chegar.

Dump de Memória disse...

Não sei porque evangélicos sem o mínimo conhecimento em alguma graduação científica, insistem em fazer da Bíblia, um livro totalmente anti-científico, a mais pura razão da verdade.

A idéia da criação do mundo em seis dias, para não dizer ignóbil, é somente citada por pessoas com no máximo 8a. série, ou que esturam em alguma escola fundamentalista, que ensina RELIGIÂO e não CIÊNCIA.

Aqui existe um vídeo fácil de entender, poque que o universo tem +14 bilhões de anos. Como o vídeo é para leigos, ao tentarem falar que a terra foi criada em seis dias (cof, cof) ,pelo menos, dêem alguma prova científica, e não baseada em livros sagrados, que é a favor da Escravidão, e que a morte de pessoas crianças e velhos é visto como a glória de Deus (que mais parece Odin).

http://www.youtube.com/watch?v=rfoum5PRM7Y

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...